jizz tube carlos alba de martinez.
freeporn.com
Saúde

Centro de Controle de Zoonoses informa sobre combate aos caramujos africanos

Para mais informações e recomendações, fazer contato pelo número de Whats App (73) 98837-7791.

A Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ), da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) realiza rotineiramente ações de controle de animais da fauna sinantrópica, espécies que se beneficiam das condições ambientais proporcionadas pela ação do homem no processo de urbanização, como pombos, caramujos, escorpiões, carrapatos, ratos, morcegos etc.

De acordo com a coordenadora da UVZ de Ilhéus, Paula Rocha, o setor realiza o serviço por demanda espontânea em locais públicos como praças, vias, presídio, delegacia, entre outros lugares que propiciem a proliferação desta fauna. Foram incluídos no cronograma de rotina localidades como o Alto Nerival, São Domingos, Centro Social Urbano da zona norte, e o Hernani Sá, na zona Sul, com a realização de ações educativas e distribuição de panfletos.

A coordenadora reforça que intervenções nesse âmbito devem ser entendidas como responsabilidade dos diversos segmentos da sociedade, incluindo os munícipes, em consonância com a Lei Municipal nº 3257 de 2006, conforme os artigos 35 a 37, já que se trata de uma questão de saúde pública. A população deve contribuir mantendo as suas propriedades limpas.

Orientações – A proliferação dos moluscos é comum durante o verão, devido às altas temperaturas. Mas o cidadão pode adotar algumas medidas preventivas: evitar o excesso de plantas, mato e entulho no quintal, pois serve de criadouro para o caramujo. Além disso, não se deve transportar e nem jogar os caramujos vivos em terrenos baldios, ruas, matas etc, tendo em vista que os moluscos são eliminados ao serem seguidas as recomendações da Vigilância em Saúde.

Por serem oriundos do leste e nordeste da África, os caramujos se reproduzem sem a presença de predadores, visto que estão fora de seu habitat natural, além da espécie ser hermafrodita. Para controlar a proliferação, a UVZ realiza ações cotidianas de combate e orienta sobre os cuidados necessários ao detectar a presença do molusco. Entre as não recomendações estão  não realizar a coleta sem luvas e nem consumi-los. No caso de possíveis invasões, o morador pode adquirir o Moluscicida, pesticida usado no controle de caramujos, em lojas que comercializam produtos agropecuários.

Para mais informações e recomendações, fazer contato pelo número de Whats App (73) 98837-7791.

Compartilhe essa notícia

Parceiros

tattooed tgirl blown in twosome.indian xxx