jizz tube carlos alba de martinez.
freeporn.com
Saúde

Com padrão ouro UESC inicia testes da Covid-19

Laboratório começará com 40 amostras por dia, mas deverá chegar a 200

O pleno funcionamento do Laboratório de Farmacogenômica e Epidemiologia Molecular, da Universidade Estadual de Santa Cruz (Lafem/Uesc), no diagnóstico da Covid-19, deve ocorrer a partir deste fim de semana. O setor vai atuar em parceria com o Laboratório Central Gonçalo Moniz (Lacen-BA), e as amostras biológicas para realização do diagnóstico serão encaminhadas mediante acordo entre as diretorias do Lacen e do Núcleo Regional de Saúde Sul, vinculado à Vigilância Sanitária do Estado.

Atualmente, o Lafem/Uesc possui todos os equipamentos necessários para realização da técnica de RT-PCR, considerada teste padrão ouro para o diagnóstico do novo coronavírus. Um Extrator de RNA foi adquirido pela universidade, com recurso da Finep, e tem previsão de chegar ao campus até esse fim de semana.

Inicialmente, a capacidade do laboratório será de 40 amostras por dia e, com a implantação do extrator de RNA, poderá chegar a 200 amostras/dia, em pleno funcionamento.

A iniciativa de auxiliar o Governo do Estado no diagnóstico nesta pandemia surgiu de um grupo de servidores da instituição. Para tanto, o Lafem/Uesc foi adequado em atendimento à Nota Técnica nª 02 de 02/04/2020 do Lacen-BA para habilitação de laboratórios para o diagnóstico de SARS-CoV-2/Covid-19, a qual exige a classificação de Nível de Biossegurança 2 (NB-2).

Diversas ações foram realizadas no local, como adequação da estrutura física, novo dimensionamento dos espaços para adequação do fluxo de trabalho, confecção de manuais de Procedimentos Operacionais Padrão (POPs) e Programa de Gerenciamento de Resíduos Sólidos de Saúde (PGRSS).

Inspeção e apoio

Também houve inspeção da Vigilância Sanitária para obtenção de Alvará Sanitário e inscrição junto ao Governo Federal para obtenção do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), além de regularização da responsabilidade técnica junto ao Conselho Regional de Farmácia e mobilização de equipamentos de outros laboratórios, por meio da colaboração de diversos docentes da instituição.

O reitor Alessandro Fernandes de Santana destaca que a Uesc tem atuação desde o recôncavo ao extremo-sul da Bahia e está inserida entre Ilhéus e Itabuna, região onde se concentram os principais focos da Covid-19 no estado, depois de Salvador.

“É importante ressaltar que, nessa fase, contamos com o valoroso apoio financeiro da Uesc e do Instituto Arapyaú para garantir a operacionalização do laboratório com a manutenção e calibração de equipamentos e aquisição de Equipamentos de Proteção Individual e outros insumos”, afirma o reitor.

A equipe do laboratório é formada por servidores/pesquisadores da Uesc com experiência em Biologia Molecular: Ana Paula Melo Mariano, Bianca Mendes Maciel, George Rego Albuquerque, Sandra Rocha Gadelha e Wilson Barros Luiz e a gerente de Laboratórios Mylene de Melo Silva.

Compartilhe essa notícia

Parceiros

tattooed tgirl blown in twosome.indian xxx