jizz tube carlos alba de martinez.
freeporn.com
Geral

Governo Federal pede um novo estudo sobre o Horário de Verão.

O governo não informou quando a pesquisa foi solicitada, e nem se há prazo definido para a entrega das conclusões.

O Ministério de Minas e Energia pediu ao Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) um novo estudo sobre o horário de verão diante da “atual conjuntura de escassez hídrica”. O mecanismo de adiantar uma hora nos relógios para aproveitar os dias mais longos foi extinto pelo próprio governo Bolsonaro em 2019.

O governo não informou quando a pesquisa foi solicitada, e nem se há prazo definido para a entrega das conclusões.

“Recentemente, o MME solicitou ao Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) que reexaminasse a questão [do horário de verão] à luz da atual conjuntura de escassez hídrica, considerando os estudos já realizados”.

Na nota, o ministério reafirma a sua posição de que a contribuição do horário de verão é “limitada”, não tendo identificado, até o momento, que o retorno do programa traria benefícios para redução do consumo de energia no período de pico de demanda.

“Neste sentido, a contribuição do horário de verão é limitada, tendo em vista que, nos últimos anos, houve mudanças no hábito de consumo de energia da população, deslocando o maior consumo diário de energia para o período diurno. Assim, no momento, o MME não identificou que a aplicação do horário de verão traga benefícios para redução da demanda”, informou o ministério.

Compartilhe essa notícia

Parceiros

tattooed tgirl blown in twosome.indian xxx