jizz tube carlos alba de martinez.
freeporn.com
Cidades

Ilheense ! Saudoso, Saul Barbosa, será homenageado em Live pela cantora baiana Márcia Short

O desejo da cantora em levar ao público esse projeto reflete a necessidade de Márcia Short, que completa 35 anos de carreira em 2021, em prestar uma homenagem aos compositores baianos.

A cantora Márcia Short se apresentará em uma live musical em homenagem ao consagrado compositor Saul Barbosa no dia 21 de abril, às 19h. A apresentação, que será transmitida no canal da cantora no YouTube, intitulada “O amor e a criação” também homenageia diversos compositores baianos e faz referência a uma canção de Saul Barbosa e Vevé Calazans, gravada pela cantora no álbum “Iluminada”.

O projeto, contemplado pelo Prêmio Emília Biancardi, idealizado e estrelado por Márcia Short, tem direção musical de Adail Scarpelini e revisita a obra do violonista que também é considerado um dos maiores compositores baianos. A concepção do projeto visa resgatar clássicos do artista influenciado por João Gilberto, pai da bossa nova, a partir do desejo da cantora em saudar Saul Barbosa.

Márcia Short fará de “O amor e a criação” um show memorável repleto de poesia e cadência, imortalizando as canções através de sua voz. Para a artista, Saul Barbosa era “o poeta da alegria e da tristeza”.

Em mais de 30 anos de carreira, Saul reuniu, só em parceria com Gerônimo, mais de 200 composições. Entre os sucessos do artista está a canção “Acaba quando começa”, gravada por Elba Ramalho e “Toté de Maiangá”, sucesso na voz de Margareth Menezes. O primeiro disco, intitulado “Bahia, Cidade Aberta”, foi lançado em 1995. Saul ainda gravou outros três álbuns e dois LPs e deixou-se guiar pelos rigores técnicos de grandes violonistas, fazendo passagens por valsas, tangos e pelo jazz.

O desejo da cantora em levar ao público esse projeto reflete a necessidade de Márcia Short, que completa 35 anos de carreira em 2021, em prestar uma homenagem aos compositores baianos.

“O amor e a criação” valoriza e preserva a memória do patrimônio musical baiano. Márcia Short, que já conquistou públicos no Brasil e no mundo, deposita no projeto um carinho especial por considerá-lo um presente ao seu parceiro musical que foi compositor de muitos clássicos conhecidos do público e interpretados pela própria cantora.

O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e Centro de Culturas Populares e Identitárias (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Programa Aldir Blanc Bahia – Criado para a efetivação das ações emergenciais de apoio ao setor cultural, o Programa Aldir Blanc Bahia (PABB) visa cumprir os incisos I e III da Lei Aldir Blanc (Lei Federal nº 14.017, de 29 de junho de 2020) e suas regulamentações federal e estadual. As ações são: a transferência da renda emergencial para os trabalhadores e trabalhadoras da cultura, e a realização de chamadas públicas e concessão de prêmios. O PABB tem execução pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, geridas por meio da Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura e do Centro de Culturas Populares e Identitárias; e as suas unidades vinculadas: Fundação Cultural do Estado da Bahia, Fundação Pedro Calmon, Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural.

Compartilhe essa notícia

Parceiros

tattooed tgirl blown in twosome.indian xxx