jizz tube carlos alba de martinez.
freeporn.com
Política

Maioria do plenário da Câmara Municipal de Ilhéus pede arquivamento do pedido de CEI

A decisão do Presidente César Porto em manter as atividades legislativas sob o sistema de home office visa resguardar a saúde dos vereadores e servidores da Câmara Municipal de Ilhéus.

A Câmara de Vereadores de Ilhéus não aprovou a abertura de Comissão Especial de Inquérito (CEI) contra os  vereadores Lucas Paiva (PSB) e Tarcísio Paixão (PP). A sessão ordinária ocorreu nesta terça-feira, 03.

O pedido de abertura de CEI foi protocolado pelo suplente de vereador, Augustão (PSB), tendo por base as irregularidades praticadas pelos dois parlamentares, quando estavam na presidência da Casa, de acordo com investigações da 8ª Promotoria de Justiça de Ilhéus, quem como promotor Frank Monteiro Ferrari, na operação Citrus e Xavier. 

Votaram a favor pela abertura de CEI contra o ex-presidente Lukas Paiva os seguintes vereadores: Luis Carlos Escuta, Makrisi, Neo Bastos, Ivo Evangelista e Paulo Meio-quilo. 

Votaram contra os vereadores Nino Valverde, Thadeu Muniz, Pastor Matos, Nerival Reis, Gil Gomes, Aldemir Almeida, Abraão Oliveira, Fabrício Nascimento, Paulo Carqueja e Juarez Barbosa. 

E a votação não foi diferente para o vereador Tarciso Paixão. Votaram pela abertura de CEI Luís Carlos Escuta, Makrise, Néo Bastos, Ivo Evangelista e Gil Gomes. Porém 10 dez vereadores decidiram votar contra e arquivar a ação contra Paixão são eles: Nino Valverde, Thadeu Muniz, Pastor Matos, Nerival Reis, Paulo meio-quilo, Aldemir Almeida, Abraão, Fabrício Nascimento, Paulo Carqueja e Juarez Barbosa. 

Vale ressaltar que Lukas Paiva foi afastado por 180 dias por determinação da justiça, a pedido do Ministério Público Estadual, e até o momento, a Mesa Diretora da Casa não convocou o suplente, ferindo o Regimento Interno da Câmara e a Lei Orgânica do Município. 

Compartilhe essa notícia

Parceiros

tattooed tgirl blown in twosome.indian xxx