jizz tube carlos alba de martinez.
freeporn.com
Cidades

O Grupo Cultural Dilazenze e o Terreiro Matamba Tombenci Neto, participaram das gravações de dois filme Documentario em Ilhéus.

A previsão inicial de concretização dos trabalhos é para o final do ano e após o lançamento estaram disponíveis em varias plataformas digitais.

O Terreiro Tombenci juntamente com o Grupo Dilazenze foram convidados a participarem das gravações para a produção de 02 (dois), Filmes documentorios, um longa metragem sobre o Samba e suas origens com o Titulo: “O Samba Que Mora Aqui” e o segundo, o vídeo documentario chamado “Aprendendo a Sonhar” sobre estudantes universitários “Negros” e moradores de periferia com formação académica concluída. O convite foi feito pelo Núcleo de Áudio Visual da produtora Caranguejeira Filmes de Salvador através do produtor Edvaldo Bolagi.

Durante as gravações foram realizadas entrevistas com o intuito de extrair depoimentos sobre o olhar do Samba como contribuição das matrizes Congo Angola para a formação cultural da musicalidades afro brasileira. Durante as ações de gravação foi realizada uma entrevista com a nossa matriarca Mãe Ilza Mukale e logo apos foram entrevistados também os membros do ministério do terreiro “Macótas, Tátas, cótas, bem como os Membros do SambaDila e do Corpo de Bale Afro Dilazenze.

Tivemos ainda filmagens de uma pequena roda de Samba como demostração, uma visita guiada nas dependências do Memorial Nzó Tombenci Neto e uma tomada externa na localidade do Rio de Engenho. A participação do Tombenci e do Dilazenze foi exclusivamente voltada para o Tema Samba de Caboclo.

O material obtido com as gravações estará se juntando aos 04(quatro) epsodios deste Documentario gravados anteriormente com vários outros terreiros e personalidades da nossa religião no estado da Bahia para se transformar em um longa metragem. A realização deste projeto estar a cargo da instituição Caranguejeira Filmes a qual foi contemplada pela lei Aldir Blanc e terá a direção de Victor Rocha.

A ação foi desenvolvida seguindo todas as Orientações e Normas de Segurança estabelecidas pela OMS e autoridades competentes do nosso municipio visando o combate ao coronavirus e a proteção dos envolvidos, contra a pandemia do Covid 19.

A previsão inicial de concretização dos trabalhos é para o final do ano e após o lançamento estaram disponíveis em varias plataformas digitais e será exibido também nas comunidades de terreiro e em bairros periféricos da cidade através das ações do CineClube Dilazenze Malungo.

Aguardem para assistir mais esta obra de preservação das raízes identitárias dos afro descendentes

Att,
Ascom Grupo Dilazenze
[email protected]
Fone: 73 981667964

Compartilhe essa notícia

Parceiros

tattooed tgirl blown in twosome.indian xxx