Saúde

Prefeitura de Ilhéus esclarece sobre Filas na UBS Sarah Kubitscheck

Município visa acabar com as filas ampliando a oferta dos serviços com a contratação de mais profissionais de saúde. Foto Rodrigo Macedo-Secom.

A Secretaria de Saúde (Sesau) de Ilhéus esclarece a grande concentração de pessoas na Unidade Básica de Saúde (UBS) Sarah Kubitscheck, que aconteceu bem no início da manhã desta quarta-feira (4). Funcionários da unidade orientaram os pacientes de que não haveria a necessidade de formação de longas filas e que senhas seriam distribuídas para melhor controle do número de consultas disponibilizadas. Porém, algumas pessoas optaram por continuar no local com receio de serem excluídas do agendamento.

A distribuição de fichas é feita na primeira semana de cada mês na unidade, que é responsável apenas pelo atendimento primário ambulatorial. O setor estabelece um cronograma para facilitar a marcação de exames. Importante salientar que as marcações de exames do setor Sarah são descentralizadas, com profissionais marcadores específicos para cada UBS, já que Sarah abriga a unidade da Barra, enquanto o Governo Municipal realiza os serviços de reforma corretiva e preventiva.

A cultura da fila – As filas nas unidades de saúde são culturais. Esta quarta (4), pela manhã, a população contou com os serviços de enfermagem e odontológico (todos os dias). Não houve atendimento clínico, porque este serviço está disponível nas terças, quintas e sextas-feiras, segundo o cronograma. Pela manhã, a confirmação é às 7h e o atendimento a partir das 8h. Já pela tarde, a confirmação é às 12h e o atendimento se inicia às 14h. São dois clínicos que atendem esta unidade.

O município aguarda a finalização do Processo Seletivo de preenchimento imediato das vagas. Quando isso ocorrer, serão mais 66 profissionais entre médicos clínicos, pediatras, ginecologistas, também enfermeiros e técnicos de enfermagem. Com isso, o Município visa ampliar a oferta de serviços para noite, promovendo uma maior cobertura assistencial básica, suprindo a necessidade de profissionais na rede pública municipal de saúde.

Abstenções – A oferta está sendo comprometida em virtude da crescente ausência aos agendamentos. De acordo com dados levantados pela Central de Regulação, no último mês, pelo menos 5.300 pacientes deixaram de comparecer a exames em Ilhéus, fato que agrava a fila de espera do município. A falta de comparecimento prejudica o trabalho dos prestadores de serviços conveniados pelo SUS. A Prefeitura de Ilhéus trabalha para diminuir as filas de espera.

Compartilhe essa notícia

Parceiros