jizz tube carlos alba de martinez.
freeporn.com
Cidades

Rodoviários fazem ato em frente à Câmara de Ilhéus pelo cumprimento da lei anti-motocobra

Rodoviários pedem apoio dos parlamentares.

Com a definição da nova comissão de transporte, trânsito e mobilidade e consequentemente a eleição do presidente Augustão (PT) líderes dos rodoviários de Ilhéus fizerem um ato ontem (16) na porta da Câmara de Vereadores de Ilhéus a fim de declarar apoio aos vereadores que se sensibilizam com a situação da categoria e que entendem o prejuízo na qualidade do serviço prestado por parte das empresas de ônibus São Miguel e Via Metro.
 
Por conta do crescimento dos números de caso a de COVID-19, na cidade , foram suspensas as sessões presenciais e por isso as lideranças não puderam acompanhar presencialmente, mas a fim de declarar apoio e poder reforçar a cobrança mantiveram -se na porta da Câmara até o final do expediente e assim puderam reunir parcela dos edis.

Entre as reclamações da categoria estão: Cumprimento da lei 007/2017 que obriga todos os ônibus da cidade a terem um funcionário à mais do que o motorista; Cumprimento legitimo, por parte das empresas do decreto que aumentou o valor da passagem; Cumprimento a emenda a lei orgânica que dar gratuidade aos idosos a partir de 60 anos, e não 65 como está sendo feito pelas empresas; Nova licitação para as empresas de ônibus, pois ambos contrato estão vencidos; e representatividade da categoria dentro da casa legislativa.

Estiveram presentes, os vereadores Augustão (PT), Fabrício Nascimento (PSB), Luciano Luna (PV), IVO Evangelista (Republicanos), Cláudio Magalhães (PCdoB), Ederjunior (PSL) e a vereadora Enilda Mendonça (PT), os líderes dos rodoviários José Luiz Roberto Lima, Seilma, Vanda, Lucinei, Carlos Brito, Benedito e o jovem ativista político João França. De acordo com os rodoviários, o presidente do legislativo se esquivou de participar do ato democrático. 

Com a palavra, o vereador Augustão disse aos presentes que estará realizando sessão especial no dia 24 de fevereiro, para tratar sobre a situação do transporte público de Ilhéus, que contará com a presença de promotor, diretores das empresas de transportes, juiz, secretários de mobilidade, diretor geral do SUTRAM, além de presidentes de conselho e de sindicato, para saber realmente quem é o responsável pela falta de respeito com a população, no descumprimento do Decreto Municipal, que acaba de vez com o verdadeiro jogo de empurra-empurra na cidade de Ilhéus.

Compartilhe essa notícia

Parceiros

tattooed tgirl blown in twosome.indian xxx