jizz tube carlos alba de martinez.
freeporn.com
Política

Segundo Valderico Junior, gestão de ACM Neto é exemplo para o futuro de Ilhéus

O empresário lembrou que o deputado estadual Pedro Tavares (DEM) foi quem lhe apresentou ao prefeito da capital baiana.

O empresário Valderico Junior, pré-candidato a prefeito de Ilhéus pelo DEM, participou ontem do JM Pergunta, quadro de entrevistas ao vivo do site Políticos do Sul da Bahia.

Na conversa, o jornalista João Matheus Feitosa lembrou a Junior que o prefeito ACM Neto (DEM) assumiu o governo de Salvador quando a prefeitura da capital baiana era uma “massa falida”, mas conseguiu resgatar a cidade. JM quis saber se Valderico tem consultado o presidente nacional do DEM sobre como criar boas condições de investimento próprio para um município.

O empresário lembrou que o deputado estadual Pedro Tavares (DEM) foi quem lhe apresentou ao prefeito da capital baiana. “Neto tem facilitado muito nosso conhecimento. A gente não precisa inventar a roda, se deu certo em Salvador e a gente tem esse acesso. A administração de ACM Neto é um modelo para o Brasil. Vira e mexe, você vê políticos vindos de outros estados conhecer a máquina [administrativa]. Ele nos permite estar dentro desse conceito de trabalho e fazer com que a gente possa, de uma forma bem objetiva, facilitar para que Ilhéus tenha seu fluxo de caixa independente e apresente bons projetos”, respondeu Valderico Junior.

Em outro momento, Valderico Junior destacou a importância de dar continuidade aos aspectos positivos de determinado governo, sem vaidades personalistas. Citou um exemplo. “Matheus é o prefeito de Ilhéus hoje. Faz uma obra. Francisco entra depois, esquece e abandona aquela obra, porque foi Matheus que fez. Não entende que aquilo é um bem público. No meu entendimento, Matheus, se você fez uma obra e deu tudo certo, eu tenho que chegar e potencializar aquilo que foi feito por você. E não fazer politicagem – falando: ‘Não, foi Matheus quem fez’ – e abandonar um bem público”, explicou.

De acordo com Junior, a continuidade das políticas públicas com bons resultados é um caminho para planejar o futuro do município, que vai completar 500 anos em 2034. “Nós temos que pensar Ilhéus por vinte anos. O gestor que pensar por quatro anos está fadado ao erro, como todos os outros que passaram. Como a gente quer Ilhéus daqui a vinte anos, independente de quem estiver no poder? Como a gente vê e imagina Ilhéus? [Isso serve] para que a gente possa pautar metas e, na gestão, chegar ao objetivo final”, enfatizou o presidente municipal do DEM.

Compartilhe essa notícia

Parceiros

tattooed tgirl blown in twosome.indian xxx