jizz tube carlos alba de martinez.
freeporn.com
Geral

Teatro Popular de Ilhéus lança novo espetáculo de rua “Sonhos – o que restou de nós depois da tempestade”

O evento teatral é gratuito e livre para todos os públicos.

Depois de mais de dois anos de paralisação das suas atividades presenciais devido a pandemia da Covid-19, o grupo Teatro Popular de Ilhéus (TPI) estreia um novo espetáculo-instalação “Sonhos – o que restou de nós depois da tempestade”, dia 13 de maio, às 21 horas na Praça São João Batista, no bairro do Pontal. O evento teatral é gratuito e livre para todos os públicos.

Esse retorno ao contato direto do grupo com o público ilheense simboliza a chegada oficial do coletivo cênico ao bairro, o qual abrigará a sua nova sede no mesmo endereço onde funcionava o tradicional Clube Social do Pontal. No espaço doado pelos sócios-remidos do clube será construído o mais novo teatro da cidade com projeto assinado pelo arquiteto Carl von Hauenschild. A estreia de “Sonhos” marca ainda o início da programação artística do TPI para o mês de maio, com atividades realizadas a partir desta data também em outros locais da comunidade pontalense.

“Sonhos” é um espetáculo de rua, itinerante, que leva o público num passeio pela história do grupo Teatro Popular de Ilhéus, suas montagens, suas estéticas e seus sonhos. A carroça do espetáculo “Uma certa Mãe Coragem” (2019) conduz o público e atores por três espaços distintos: O museu, o voo e o sonho. No museu estão recortes de uma memória em processo de construção. O voo é a representação da vivência do grupo na Tenda, seu espaço cultural entre 2013 e 2021, que caiu depois de uma forte tempestade no dia 26 de agosto de 2021. De volta à carroça, o grupo voa para o sonho de construção de seu espaço, de seu teatro – ou re-teatro, o teatro refeito. E os artistas põem mãos à obra para construir um espaço de afetos e sensibilidade, colocando em cena a memória recente da montagem de Sonho de Uma Noite de Verão, livremente inspirada na obra clássica de William Shakespeare, que foi  interrompida pela pandemia.

Foto: Ascom-TPI.

A montagem tem dramaturgia e direção de Romualdo Lisboa e Luís Alonso-Aude. Composições e produção musical de Pablo Lisboa. Cenários, maquinaria, figurinos e adereços de Shicó do Mamulengo. No elenco, Tânia Barbosa, Iara Colina, Elisa Reichmann, Pablo Lisboa, Takaro Vítor e Aldenor Garcia. Iluminação e efeitos de Ely Izidro. Assessoria de Comunicação de Elson Rosário. Produção executiva de Rogério Matos.

“Sonhos – o que restou de nós depois da tempestade” foi apresentado com sucesso ao público de nove cidades baianas do sertão baiano ao longo do mês de abril de 2022. O espetáculo fez parte da segunda etapa do projeto de circulação, “Shakespeare no Sertão” contemplado pelo Edital Setorial de Teatro 2019 e tem apoio financeiro do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda, Fundação Cultural do Estado da Bahia, Secretaria de Cultura e Governo do Estado da Bahia. O Teatro Popular de Ilhéus é uma instituição cultural privada, parcialmente mantida pelo programa de Ações Continuadas de Instituições Culturais – uma iniciativa da Secretaria de Cultura da Bahia com recursos do Fundo de Cultura do Estado da Bahia e Governo do Estado da Bahia.

Texto: Ascom-TPI.

Compartilhe essa notícia

Parceiros

tattooed tgirl blown in twosome.indian xxx